Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

30.4.12

Mulheres nos olhares de Veríssimo


"Certo dia parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
 Pare para refletir sobre o sexto-sentido.
Alguém duvida de que ele exista?
 E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?
 E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
 E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque "vai fazer frio". Você não leva. O que acontece?
O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
"Leve um sapato extra na mala, querido.
Vai que você pisa numa poça..."
Se você não levar o "sapato extra", meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...
 O sexto-sentido não faz sentido!
 É a comunicação direta com Deus!
Assim é muito fácil...
As mulheres são mães!
 E preparam, literalmente, gente dentro de si.
Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?
 E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...
 Tudo isso é meio mágico...
Talvez Ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
 As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravazam?
 Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens...
 É choro feminino. É choro de mulher...
Já viram como as mulheres conversam com os olhos?
 Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar.
Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar.
E apontam uma terceira pessoa com outro olhar.
Quantos tipos de olhar existem?
Elas conhecem todos...
Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens!
E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
 EN-FEI-TI-ÇAM !
 E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas?
Para estudar os homens, é claro!
Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...
 Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era "um continente obscuro".
Quer evidência maior do que essa?
Qualquer um que ama se aproxima de Deus.
E com as mulheres também é assim.
O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor. Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor.
E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida.
Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado.
Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo.
Mas elas são anjos depois do sexo-amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos.
E levitam.
Algumas até voam.
Mas os homens não sabem disso.
E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento
que os faz dormir nessa hora."
Luís Fernando Veríssimo







Para as mulheres mais Miss que conheço...
Boa semana

29.4.12

Ufa, falei!


E venho, mais uma vez, descrever pesamentos e sentimentos...
Essa arte de desabafar me faz muito bem,.Durante muito tempo guardava minhas angústias, mas, com o blog, ponho tudo para fora, compartilho e melhor, vejo que não sou a única a viver num mundo com tanta coisa injusta.
Adorei a frase do Miguel de Cervantes e fiquei pensando na história de Dom Quixote, sua obra prima. Um cavaleiro viajante, lutava por seus sonhos, via gigantes, moinhos e seguia seu sonho, defender as pessoas, seu amor, talvez se defender, de suas próprias loucuras...contudo vivia bem e feliz, de sua maneira.
A melhor coisa que aprendi é viver minhas loucuras à minha maneira. Explicar se vc fez ou não fez, se gosta ou não gosta, não precisa... as pessoas não entendem, melhor, não querem ouvir, cada vez mais consigo perceber certas falsidades, minúsculas, uma brisa aqui, outra ali, mas que arrepiam os pelos e se não nos protegermos delas, logo, logo, trazem dor, resfriado, espirros e outras coisas indesejáveis.
A inveja sutil é a pior. A pessoa que você sempre gostou, conversava, estava presente, de repente vai se distanciando..mas, ao olhar bem nessa história, a distância sempre existiu... é aquela que se aproximava pq vc fazia questão, vc se dispunha... mas de repente, sumiu, pq vc deixou de se fazer presente... ora, melhor sair de vez da vida de pessoas assim.
Cordialmente se cumprimenta, se diz olá, as pessoas conversam de forma agradável...detesto a inveja que começa com a frase " e eu então". Você está respondendo às perguntas, ouvindo as pessoas sensatas, mas sempre tem aquela que começa... " nossa, e eu então..." e despeja todas suas amarguras, fraquezas e tristezas... quer plantar a autopiedade num terreno onde não encontrará nutrientes para fazê-la brotar...eu corto esse mal pela raiz...
Normalmente a inveja anda de parzinho com a autopiedade. A inveja faz a pessoa ficar de longe olhando e medindo seus movimentos, te acompanha discretamente, analisa seu jeito de andar, te olha de cima embaixo e sempre faz perguntas de forma negativa: se vc está na praia, começa a conversa perguntando " Tá chovendo?" - prefiro algo do tipo " E aí, estão se divertindo?". Se você se casou ou vai se casar, compartilha sua humilhante experiência dizendo da forma mais cruel possível "Nossa, é muita mudança, é terrível,  você vai ver" - nada de desejos de felicidade e fé, explicando que cada experiência tem sua adaptação e tudo vai depender de como você a vê e das escolhas que você faz... se você tem filho, nossssssaaaa " Chora muito?, Você vai ver, acabou sua vida , tudo vai mudar"...
Ok!!! Que tipo de pessoa não sabe que toda a vida muda com um filho, isso tem que ser pensado antes de se ter um filho... mas se optou em ter, tem que abraçar todas as mudanças e curtir cada uma, que tal, "Nossa que benção, como é saudável!"
A inveja é assim, a pessoas não se contentam em ter uma vida deprimente, com escolhas erradas, aliás, muitos invejosos nem percebem que sua infelicidade está diretamente ligada à forma que decidiram viver a vida, tentam, tentam e tentam achar o motivo de tanta cara amarrada em desculpas esfarrapadas e procuram "culpados" para suas vidinhas sem gosto... é mais fácil... muito mais fácil, olhar a vida dos outros e nelas se meter do que resolver dar uma boa faxinada na sua!
Com a inveja, lógico, a falta de amor próprio, a autopiedade, não basta ser infeliz, vc quer companheiros! Quer que as pessoas te bajulem, perguntem e sofram sua dor..peralá...ela é só sua meu bem!
A loucura que está na minha cabeça, eu  a vivo intensamente e qdo me canso dela, ou ela me prende de ser feliz, faço terapia, choro, rezo, converso com quem vale a pena, canto, lavo o banheiro...enfim... sacudo e dou a volta por cima... 
A loucura da sua cabeça é seu problema, lide vc com ela e siga em frente, a escolha é sempre sua e não vou mais me preocupar, nem perguntar, nem me meter...esse tipo de coisa ruim, pega na gente e depois, nem com banho de sal grosso desgruda!

Ufa, falei
hahahah

ASSIM VOCÊ MATA O PAPAI


Por aqui, um domingo de tempo fechado, chuvoso...um friozinho que nos convida a ficar na cama!
Mas, cara de domingo é pagode...
Por isso, para espantar as nuvens que cobrem o céu, o susususcesso da vez... aquela letrinha repetitiva, manjada, mas com um ritmo que anima e refrão que gruda na sua cabeça!
Beijos e ótimo domingo!

28.4.12

Por outro ângulo!



O filho que muitas vezes não limpa o quarto e fica vendo televisão,
significa que...
está em casa!
A desordem que tenho que limpar depois de uma festa,
significa que...
estivemos rodeados de familiares e amigos!
As roupas que estão apertadas,
significa que...
tenho mais do que o suficiente para comer!
O trabalho que tenho em limpar a casa,
significa que...
tenho uma casa!
As queixas que escuto acerca do governo,
significa que...
tenho liberdade de expressão!
Não encontro estacionamento,
significa que...
tenho carro!
Os gritos das crianças,
significa que...
posso ouvir!
O cansaço no final do dia,
significa que...
posso trabalhar!
O despertador que me acorda todas as manhãs,
significa que...
estou vivo!
Finalmente pela quantidade de mensagens que recebo,
significa que...
tenho amigos pensando em mim!

27.4.12

Os Vingadores - é o que tem para hoje

Minhas lindas, já deixei registrado AQUI minha paixão por super heróis e a explicação dela... não deixe de conferir...
Preciso dizer que estava ansiosa pelo lançamento desse filme, que ocorre hoje em todo país, contudo, tenho uma certa decepção, terei que esperar sair na locadora para assistir, cinema, pelo jeito, vai demorar um pouquinho.
Pelo trailer, fiquei animada, se alguém decidir assitir e compartilhar dessa paixão pelos heróis da ficção ( talvez somente eles possam nos salvar hahaha), não deixe de me contar a impressão, assim, ficarei ainda mais animada para assistir...

26.4.12

Unidos venceremos? Depende...



O ditado popular  diz que a união faz a força e que juntos podemos vencer... contudo, percebo por algumas experiências que nem sempre isso é verdade.
Tudo vai depender de quem estiver se unindo a você!
Achar pessoas dispostas a uma união hoje em dia é tarefa muito difícil. Primeiro porque nem sempre existe gente disposta a se doar para um bem comum, o pensar em si mesmo e em suas prioridades é muito visível nesse mundo atual, pelo menos nesse que eu vivo.
Abrir mão do que se deseja, por algum momento para se desprender por outras pessoas é um dom, que confesso, vejo pouco!
Uma união, falo aqui de uma amizade mesmo, é algo que não se cativa de qualquer jeito. É preciso doação, disponibilidade ( de tempo, de ouvidos, de coração...) fico pensando nessas pessoas que desejam muito ter um amigo, mas não se doam para cativá-lo.
Outro dia, ainda coloquei no face uma frase que achei perfeita " Amigo de verdade é aquele que liga para te chamar, mesmo sabendo que você não vai" acrescento...é aquele que diz um oi, mesmo  na correira, é aquele que passa para te dar um abraço mesmo sabendo que vc está bem...
Enfim, imagino uma união onde cada formiguinha deseja uma coisa... aliás o que vejo muito. Os interesses entram em conflito e ao invés de união, uma quer tirar da outra um pouco mais de energia para que seu desejo se relaize, e assim, remando para vários lados, não se chega a lugar nenhum.
Claro que é muito bom poder contar com as pessoas, e acredito sim que "um vai mais rápido, mas dois vão mais longe" como já ouvi certa vez, mas a escolha desse outro não é atividade fácil.
Por isso, regar a amizade é tão fundamental... trabalhar em equipe e saber com quem contar pode ajudar na construção de um caminho mais seguro, mais firme e com mais sucesso...
Acredito na amizade, na sincera e duradoura, e também acredito na aproximação e na distância que ocorre entre as pessoas ao longo da vida... por isso não culpo ninguém, nem nenhuma atitude eouescolha, apenas repenso, com certa frequência na minha lista de amigos e na lista de prioridades de minha vida!
Boa quinta!

25.4.12

Brócolis e Massa de linguiça num molho diferente

Não canso de comer uma massinha e vivo misturando vários ingredientes para fazer um molhinho diferente.
Outro dia, misturei algumas coisinhas da geladeira e deu esse molho bem gostosinho.

Talharim com brócolis e linguiça
400g de talharim fresco
4 tomates bem maduros
4 dentes de alho
1/2 brócolis
200g de massa de linguiça caseira ( compro em um açougue aqui em Vinhedo, especializado em carne de porco, mas pode comprar a linguiça e tirar  a película que a envolve)
azeite, sal e pimenta malagueta moída e seca

Começo cortando os tomates em quatro partes e tirando as sementes. Bato no liquidificador com azeite, sal e pimeta e cozinho por uns 15 minutos, com 100ml de água.
Em uma panela, frito a linguiça moída em azeite, até ficar douradinha, acrescento o alho picadinho e o brócolis, já cozido e cortado em pedaços médios.
Depois de tudo junto, acrescento o molho de tomate e deixo cozinhar por 10 minutos.
Junto ao talharim e sirvo... 




24.4.12

Não queria que acabasse nunca...

Vocês já assistiram um filme ou novela e ficaram com o desejo de quero mais quando eles terminam?
Sinto isso muito, principalmente nos filmes românticos. Tenho a sensação que esses casais são verdadeiros e desejo, do fundo do coração que não terminem nunca...
Assistindo algumas novelas tb tenho essa sensação, torço pelo amor verdadeiro, puro e me encanto com esse sentimento, deve ser porque sou muito amada e amo muito tb...
Fiz uma coletânea de casais que me encantam para sempre, são apenas alguns... desejaria que fossem verdadeiros!


Nina e Jorginho - como não se apaixonar por essa história?
Novela Avenida Brasil


Sarita e Pascoal - que delícia era assistir esse casal em Belíssima, lindos e híper engraçados - amava!


Márcia e Timóteo - Sou chique bem! - Casal engraçado, delicioso e encantador da novela que mais amo - Chocolate com pimenta


Inspiradores pela história e pela transformação que o amor é capaz de fazer nas pessoas
Uma linda mulher


Danny e Sandy - Nos embalos de Sábado a noite - o amor é mesmo uma festa, faz milagres em nossa vida!


E você, tem algum casal de novela ou filme que te inspira?
Conte pra gente!


23.4.12

Rápida mas com propósito

Geladeiras

Como sabem, tenho paixão por cozinhas... nelas, em especial, tenho um desejo que sempre me persegue... as geladeiras!
Não são maravilhosas?
Cheias de gostosuras... adoro abrir a geladeira e encontrar coisas gostosas, escolher com cuidado, saborear cada pedacinho...ai gula!
Essas que encontrei são.... sem adjetivos para descrever!













22.4.12

Frango com pimenta puxado no mel

A mistura de doce com apimentado me agradou muito. Outro dia misturamos umas coisnhas e saiu esse franguinho bem gostoso e prático.

Frango com pimenta puxado no mel

600g de peito de frango cortado em tiras
200g de batatinhas pequeninas
pimenta malagueta e pimenta branca moída
azeite, sal, orégano e salsa desidratada
mel - usei Karo
creme de leite

Comece cortando os peitos de frango em tiras e doure-os no azeite com um pouco de sal e pimenta do reino branca. Cozinhe por 10 minutos as batatinhas com casca ( bem lavadas) e reserve.
Pique uma malagueta em pedacinhos bem pequenos e junte ao frango, assim que estiver bem coradinho. Acrescente aproximadamente duas colheres de orégano e duas de salsa desidratada, junte 100ml de água e deixe quase secar. Quando a água reduzir bem, junte as batatas e cinco colheres de sopa, bem generosas, de mel, mexa bem e deixe curtir em fogo baixo por uns 5 minutos. Misture uma caixinha de creme de leite e sirva...




Receitinha rápida e bem gostosa para juntar a família!

21.4.12

Trinta dias...

Nossa, nunca imaginei que trinta dias pudessem ser tão especiais e pudessem mudar tanto nossa vida, nossas prioridades, nossa forma de pensar e de ver o mundo...
Uau, vivi um turbilhão de emoções, muitíssimas descobertas e uma felicidade sem fim nesses dias!

Entre o turbilhão de emoções:
- pressão alta,
- alguns esquecimentos,
- sono, sono e sono,
- ouvido muitooooo mais aguçado,
- optar por ouvir os outros ou seguir seu coração...
- querer ir ao banheiro mas não ir ,pois ouviu um respirar diferente,
- não saber se dá a chupeta no primeiro choro ou se espera e vê se dorme novamente,
- ficar na dúvida de troca a fralda ou deixa ficar no soninho profundo.

Entre as descobertas:
- o choro em soquinho = fome
- o choro molinho = sono
- o choro com gritinho = cólica
- o choro delicioso = saudade da mamãe :)
- um seio sempre tem mais leite que o outro - é sempre nesse que ela engasga  por isso, temos que tirar um pouco de leite antes dela mamar... quem te explicou isso? Ninguém...vc aprende na marra!
- seu estado de espírito vai dizer como será o estado de espírito da bebê - incrível!
- amamentar é mesmo delicioso...
- dar banho é uma aventura!!!
- escolher roupinhas é maravilhoso - e ver que algumas já não servem tb!
- muitos apetrechos - cinta, calcinha alta, concha, absorvente para seios, roupas com botões...paninho, chupeta, meia, manta.... ufa!

Entre as felicidades:
- um olhar fixo para vc,
- ter a certeza que ela entende, o que vc fala,
- um sorrisinho...discreto, mas encantador!
- ver seus pais se realizarem,
- ver seu marido ainda mais amoroso,
- aiiiiii nem sei descrever...é muita felicidade!



Obrigada meu Deus por esses dias incríveis e por nos proporcionar tantas graças!

20.4.12

6ª feira - dia da FAXINA!


"Estava precisando fazer uma faxina em mim… Jogar alguns pensamentos indesejados para fora, lavar alguns tesouros que andavam meio enferrujados…
Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais.
Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões…
Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei; Joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que não li. Olhei para meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas… E as coloquei num cantinho, bem arrumadas.
Fiquei sem paciência!… Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão: Paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito, mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste… Mas lá também havia outras coisas… e belas!
Um passarinho cantando na minha janela… aquela lua cor-de-prata, o pôr do sol!… Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças. Sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas.
Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou. Peguei as palavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima, pois quase não as uso, e também joguei fora no mesmo instante!
Outras coisas que ainda me magoam, coloquei num canto para depois ver o que farei com elas, se as esqueço lá mesmo ou se mando para o lixão.
Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta que a gente guarda tudo o que é mais importante: o amor, a alegria, os sorrisos, um dedinho de fé para os momentos que mais precisamos…
Como foi bom relembrar tudo aquilo!
Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas, deixei-as à mostra, para não perdê-las de vista.
Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância, na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurada bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar… e de recomeçar…"


Delícia de texto, delícia de lição...acho que podemos colocar em prática... desapegar daquilo que não cabe mais, que não nos faz felizes e sempre relembrar das boas histórias... olhar para o passado e ver apenas as coisas boas, pq as ruins, aos poucos se transformaram em aprendizado!
Adorei - compartilhei!

19.4.12

Partimpim - Ciranda Da Bailarina


Uma dica para as mamães :
Cd Partimpim da Adriana Calcanhoto... simplemente maravilhoso. Já tinha os cds pois adoro as músicas e o tom de voz delicioso dessa artista, contudo, Carolina fica encantada com suas músicas...adora, fica com os olhinhos vidrados ao ouvi-las e parece que até entende!
Nas madrugadas, canto Gatinha Manhosa e ela dorme deliciosamente!
Fica a dia!

18.4.12

As flores me encantam!

Quem não gosta do tema floral?
Ele cabe em vários ambientes...












Ótima quarta para vcs, lindas Miss...



17.4.12

Diário da Miss Mamãe XX - Sobre edredons, anotações e relax...

Isso mesmo caras Miss, esse título é estranho mesmo. Demorei um pouco para conseguir organizar tudo que vinha passando num único post e compartilhar tamanhas emoções com vcs, mas, eis que terminei!
No dia 21 de março, fui até minha médica, pela manhã. Após exames normais ela chegou a uma conclusão... mais 48 horas no máximo e seria a hora de Carolina nascer. Ela já estava com sinais de maturidade, tudo estava correto e comecei a sentir contrações breves... muito bem, voltei para casa e mandei e-mail para todo mundo, dizendo que seria nos próximos dias..isso, umas 13 horas...
Eis que começam as mudanças... a partir das 15 comecei a sentir contrações mais fortes, de 10 em 10 minutos, fiquei tranquila, deitada e esperando, dizem que isso é normal, as vezes passa....que nada, as coisas só aumentaram... às 18 horas, meu marido chegou em casa e resolvemos ligar para médica, queria saber se ela desejava me ver no dia seguinte, e olha o que ouvi: " O quê? Te vejo na maternidade em meia hora" - e fui!!!!
Super tranquila, peguei a mala que já estava pronta, no caminho mais contrações e orações e qdo lá cheguei, passei por uma observação rápida e fui direto para o centro cirúrgico... a anestesia foi dada às 19:45 e às 20 horas ouvi o primeiro chorinho da nossa linda... daí em diante, muita coisa mudou!
Foi tudo muito perfeito, rápido e sem tempo para pensar... a recuperação foi tranquila, tive muitas tremedeiras por conta da anestesia e, depois que voltei para casa, tive uma crise de pressão alta, nada como uns dias de descanso para colocar as ideias no lugar e hoje tudo está muito certo...mas, quero mesmo contar algumas coisas engraçadas!
1) Perdi as ideias por uns 3 dias... tomei remédio errado, não sabia onde tinha deixado as coisas e fiquei quase louca, sem saber onde estava... meu marido não se aguentou... dizia "Ju, vc já fez isso!" "Ju, vai tomar remédio outra vez!" Nossa, que coisa estranha, nunca mais quero me sentir perdida assim...acho que foi um subito Alzheimer - que passou!

2) Pesadelos com edredom - eles me perseguiram.... durmo com um edredom enrolado nas pernas...mania, que se acentuou durante a gestação, acomodava a barriga de forma maravilhosa. Bem, mais que uma noite, acordei desenrolando o edredom e gritando para meu marido; "Amor, pega ela, ela vai cair" Nossa, tadinho, ele dava cada pulo da cama, procurava a bebê e olha ela no carrinho... de onde nunca tinha saído! Ficava tão assutada com as novidades que jurava que a Carolina estava enrolada no edredom, ao procurá-la, não achava..tudo sonhando...eca - já passou tb!

3) Neura das anotações - vivia anotando tudo, hora que começou a mamar, hora que acabou, hora que dormiu, se fez cocô...virgi....desisti depois de 4 dias...e olha, as coisas melhoraram muito! Depois de passar pelo pediatra e ouvir orientações...fiquei muito mais tranquila!

4) Fase da adaptação superada - Bem, muita pretenção em superar adaptação, creio que ela será diária, mas, me sentindo melhor...as coisas todas melhoram!
Uma coisa é verdadeira, quanto mais tranquila estiver a mãe, mais trranquilo será o bebê. Os dias passam e as coisas só melhoram!
Depois volto para contar mitos e verdades sobre os bebês... de acordo com minha experiência!

14.4.12

Sobre deixar barato!

Em entrevista dada pelo médico Drauzio Varella, disse ele que a gente tem um nível de exigência absurdo em relação à vida, que queremos que absolutamente tudo dê certo, e que, às vezes, por aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada.
E aí ele deu um exemplo trivial, que acontece todo dia na vida da gente...
É quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem  (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping).Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia.
Eu acho que esta história de dois carros alinhados, impedindo a abertura da porta do motorista, é um bom exemplo do que torna a vida de
algumas pessoas melhor, e de outras, pior.
Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos,
mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes.
Será que nada dá errado pra eles?
Dá aos montes.
Só que, para eles, entrar pela porta do lado,  uma vez ou outra, não faz a menor diferença.
O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los!
São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência:fincam o pé, compram briga e não deixam barato.
Alguém aí falou em complexo de perseguição?
Justamente.
O mundo versus eles.
Entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também.
É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel.
E como esse,  a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho.
Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato.
Eu ando deixando de graça...
Pra ser sincero, vinte e quatro horas têm sido pouco prá tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado.
Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia.
Então eu uso a "porta do lado" e vou tratar do que é importante de fato.
Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado."
Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor, não estrague o seu dia...
Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia.
Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria, e contagie todos ao seu redor com a sua alegria.
A "Porta do lado" pode ser uma boa entrada ou uma boa saída...
Experimente!

                                                  Drauzio Varella

13.4.12

Num é Miss demais?


Vamos brincar de casinha?

12.4.12

Mãe é mãe - GNT

Minhas lindas Miss,
E num é que a vida gira mesmo em torno de nossos pequenos?
Carolina já tem 22 dias, parece que não existia vida antes dela, porque de hoje em diante, tudo que faço, como, ouço, leio, penso nela e em seu futuro.
Ainda outro dia, enquanto ela dormia, resolvi tirar um cochilo também, contudo não consegui... passando pela GNT encontrei o programa "Mãe é Mãe"  e não foi possível nem cochilar, nem mudar de canal.
Adorei!

Uma abordagem clara, rápida e com todo jeitinho simples que espero utilizar na educação da Carolina. Mães contam seus dilemas e debatem alguns problemas que acompanham a vida de nossos pequenos.
No dia que assisti, ouvi sobre chupeta, tirar a fralda e medo de fazer cocô. Adorei as mães entrevistadas e ouvi um pouco sobre suas experiências. Muito legal também a opinião de especialistas, pediatras, psicólogos etc, além de dicas de livros sobre assuntos relacionados aos temas abordados.
Pronto, virei fã do programa que é exibido em vários horários:
Terça; 21:30

Horários alternativos:

QUA 09:00
QUA 13:30
SAB 13:00
TER 18:30



Fica a dica!

11.4.12

Comida di Buteco 2012 - aguardem!!!

Nossa....
Assistindo ao Jornal hoje, na hora do almoço, soube um pouco mais de um tema que muito me agrada. Comida di Buteco.
Buteco é um lugar delicioso, sem muito luxo, pessoas descontraídas e comidinha deliciosa... aliás as melhores, na minha opinião.
Campinas estará participando, pela 3ª vez, do Comida de Buteco, um evento criado em Belo Horizonte e que atinge outras cidades pelo Brasil.
Corri no site para saber mais sobre esse evento que terá início em 13 de abril e terminará em 6 de maio, com 24 butecos da região concorrendo na categoria de melhor tira-gosto.
Saiba mais acessando o site: http://www.comidadibuteco.com.br/campinas/

Acabei de olhar e ele ainda não traz grandes informações sobre a região de Campinas, mas, ficarei de olho e volto para contar... por enquanto, fica a dica da Miss... de um delicioso Buteco em Joaquim Egídio - Bar do Marcelino

Numa ruinha cheia de paralelepípedos, o Bar do Marcelino se destaca pela calçada, sempre cheia de caixotes e pessoas papiando, beliscando e tomando uma cervejinha gelada.
Adoramos nosso passeio, num dos últimos domingos antes da Carolina nascer, almoçamos uma maravilhosa e temperadíssima feijoada, uma das delícias do cardápio, bem variado e para todos os gostos.
Buteco histórico da região e  se você ainda não conhece, vale muitoooooo!


Só para matar a saudade, uma fotinho da Miss aqui toda gordinha ainda no ambiente que dei a dica!!!


Contatos para Bar do Marcelino
Tel.: 19 3298.6909 
Endereço:
R. Heitor Penteado, 1113
Joaquim Egídio - Campinas

São Paulo / Brasil

Lombo rapidinho

Como parte da adaptação à nova realidade, nem tudo é só para nossa princesa...
Nós estamos voltando à rotina, estou ficando mais tempo sozinha ( só com a Carolina) em casa e preciso comer, né?
Então, essa semana já retornei para a cozinha, coloquei minha boneca no carrinho e levei-a comigo, que curtiu conhecer esse cantinho do apto que gosto tanto!
Mas, tem que ser algo mais rápido, prático e ao mesmo tempo, delicioso, então optei por um lombo assado...

Lombo assado
Uma peça de lombo (mais ou menos 600g)
Tiras de bacon - usei aquele da Sadia que já vem cortadinho em tirinhas
Limão, sal e pimenta moída branca para temperar

Deixei o lombo temperado de um dia para o outro em saco plástico. Para essa peça, fiz suco com dois limões, um pouco de sal e duas colheres de chá de pimenta moída branca. O bacana é sempre que se lembrar de dar uma viradinha no saco e fazer com que o tempero fique por todo o lombo.
No dia seguinte, acomodei o lombo em uma forma, forrado com papel alumínio e pincelei manteiga por toda a peça de carne, fechei a forma com papel alumínio e levei ao forno médio por 30 minutos.
Depois desse tempo, a carne já está assada, então tirei o papel alumínio, acomodei as tiras de bacon sobre a peça e levei ao forno novamente, agora mais alto, por mais 20 minutos.
A carne ficou deliciosa e rendeu bastante, já que a cortei bem fininha....



Bem, aos poucos esse item do blog vai voltando...
Gostaram?

10.4.12

Diário da Miss Mamãe XIX - Como nascem as mães?

Hoje não sei se qualquer mulher pode ser mãe.
Primeiro tem aquelas, que nem deveriam ser citadas nesse desabafo, que abandonam seus filhos, como vemos nos noticiários e pior, não uma única vez. Deixam em latas de lixo, entregam a quem desejar, largam em qualquer canto sem se preocupar se serão ou não resgatados pelos anjos de plantão. Nem sei como é possível isso passar pela cabeça de uma pessoa, como ser capaz de não se importar, de não se comover com a beleza do que se vê, uma criança é uma graça, como não desejá-la sempre por perto?
Depois fico pensando nas mulheres egoístas, autoritárias demais, mulheres dotadas de muito amor próprio e pouco amor ao próximo. Nasce uma mãe dentro do coração das mulheres que sabem amar e respeitar... pessoas dotadas de características de personalidade como as citadas, não são capazes de se desprender de seus caprichos e desejos e se doar aos desejos de outro ser....
Nasce uma mãe no primeiro desejo que brota do coração apaixonado. Só um grande amor é capaz de produzir,  sustentar e amparar as necessidades de uma nova vida. Uma mulher armada e respeitada se sente forte o suficiente para doar-se integralmente a outro ser.
Após o desejo, o querer, vem a espera. Nasce uma mãe a cada dia, durante meses e meses de espera. Grama por grama, barriga maior a cada dia, chutes e mexidinhas diárias alimentam essa mãe que nasceu e está se formando. A cada banho, a cada oração, a cada pedido por bênçãos, essa mãe cresce, fica mais confiante e alimenta seu desejo em ver seu fruto.
Durante o nascimento do bebê, eis que surge verdadeiramente uma mãe. Não tem preço observar aquele ser, que acabou de sair da sua barriga. Você olha de cima  embaixo, vê cada coisinha em seu lugar e tem a verdadeira certeza de que um milagre se fez bem ali, dentro de vc e agora está vivo, “nascido”, para o mundo....e aí surge uma mãe, ainda muito inacabada...
Ao receber em seu colo, sentir seu cheio, verificar como aperta seu dedo, como suga seu leite, como quer estar em seus braços,  a mãe que acabou de nascer, vai se fazendo, a cada novo choro, a cada nova careta, ao interpretar cada resmungada,  a nova mamãe se alimenta de mais amor. Ao receber o apoio ao se sentir forte, ao se ver acompanhada e percebe que está sendo respeitada, essa mãe se torna uma leoa, se acha a melhor mulher do mundo, a mais capaz, e seu amor transborda por cada parte do corpo. Essa nova mãe já tem a certeza de que sua vida tem um novo propósito, de que nada será mais tão simples, tão fácil... tudo mais intenso, muitas vezes doloroso, lágrimas alimentam sua vida,  preces, de agradecimento e de muitos pedidos... sua vida e os problemas de antes já não fazem sentido, junto com a nova mãe nascem novos planos, novos caminhos e novas incertezas...
Porém uma certeza não a  abandona, aquele milagre que se fez vivo em seus braços é reafirmado a cada novo olhar, a cada novo sorriso, portanto, se um milagre assim se fez em sua vida, que mais temer?


Uma mãe nasce assim, pouco a pouco, dia após dia, desejo após desejo, a Miss Mamãe nasceu assim e agora caminha lentamente rumo a dias sempre melhores, mais significativos e cada vez mais cheio de amor para ser vivido, dividido, multiplicado....

9.4.12

Desejos de segunda-feira...

Quero muito contar as novidades, desabafar sobre as descobertas e maravilhas desses últimos dias, mas, não consigo me concentrar em muita coisa, só nessa pequena que por aqui anda....
Por hoje, deixo algumas imagens lindas, que me inspiram desejos, desejos deliciosos e certa saudade!


Banhos me dão muita saudade!
Não que não os tome mais hahaha, mas são rápidos, muito rápidos, nada de curtir a água morna caindo no corpo, nem massagear os cabelos, secá-los então...luxo!


Curtir a cama...ai que doce desejo. Ando dormindo bem, perto do que esperava e do que ouço, mas ficar na cama tranquila, despreocupada...jamais! Agora sono leve, acordar a qq ruído e olhar para princesa...isso vale tudo!


Comer com calma, bater papo, receber amigos, arrumar detalhes...tudo dispensável! Estamos em tempos de comidinhas rápidas, frutas, sucos, e visitas vapt-vupt...tudo em prol do bem estar de nossa pequena, que está crescendo e precisa de sossego, assim como nós, papais tb...para nos recuperarmos e mantermos a calma...


Escritório, coitado, ficou esquecido...não mexo em nenhum papel, nada de arte, nada de hobbys...tudo está em pausa para novas inspirações em breve!


Nossa...desejo de cozinhar então...nem sinal! Fazer um prato mais elaborado leva muito tempo, suja muita louça e, aí, sobra menos livre.... na verdade, tudo fica de lado, tudo pode esperar, tudo perdeu o sentido...vivemos apenas por um propósito!
Esse tempo tem sido muito bom, mesmo tendo que abrir mão de outras gostosuras... tudo passa e é rápido demais, queremos curtir cada instante!
Logo, nossa rotina voltará...





7.4.12

Tempo de Páscoa

"Ainda hoje somos homens e mulheres de passagens; somos filhos da Páscoa.
Os mares existem; os cativeiros também. As ameaças são inúmeras. Mas haverá sempre uma esperança a nos dominar; um sentido oculto que não nos deixa parar; uma terra prometida que nos motiva dizer: Eu não vou desistir!
E assim seguimos. Juntos. Mesmo que não estejamos na mira dos olhos.
O importante é saber, que em algum lugar deste grande mar de ameaças, de alguma forma estamos em travessia..."
Pe. Fábio de Melo



... completando...
travessia para uma vida nova, desapegada de inveja, desilusão, tristeza e fúria. Rumo ao mundo novo, do jeito que existe em meus sonhos, cheio de bondade, de noites estreladas e manhãs com brisa gostosa que nos convide a viver intensamente cada dia, na certeza de que o que fazemos com amor, dará frutos!
Feliz Páscoa
:)

6.4.12

No que a Miss tá pensando?


Momentos de silêncio nos trazem grandes reflexões. Já não tenho mais medo de seguir meus pensamentos para os lugares que me leva. Vou fundo, repenso, pondero e aprendo...
Hoje é um dia de silêncio, com ele muito podemos avançar!

5.4.12

Cupcake caipira

Me aventurei no mundo dos cupcakes... até que ficou gostoso, mas falta muita técnica ainda!

Cupcake caipira
2 ovos
1/4 xícara de leite
1 lata de milho escorrido
1/2 xícara de açúcar
100g de manteiga
1 xícara de farinha de trigo
1 colher fermento

Recheio e cobertura
Goiabada, suco de laranja e leite condensado

Massa:
No liquidificador bata os ovos, o leite, o açúcar e a manteiga. Transfira para uma tigela e junte a farinha e o fermento, mexendo até obter uma massa homogênea.
Acomode as forminhas de papel na forma para cupcakes (usei forminha de empada), coloque massa até preencher 3/4 da forminha e leve ao forno por 15 minutos.

Recheio
Derreta a goiabada em 200ml de suco de laranja. Use fogo baixe e mexa sempre.

Abra a tampinha dos bolinhos e coloque o recheio. Volte a tampa.




O que restar da goiabada derretida no suco de laranja, junte com 1 xícara de leite condensado e use para a cobertura. Salpique coco ralado...


E aí, dá para enganar?

4.4.12

O que seria viver em paz?

O tempo da quaresma me traz muita paz e reflexão. Esse ano, mais que os demais, graças às maravilhosas mudanças pelas quais estamos passando. Em meus pedidos, os mais sinceros e íntimos, sempre pedi paz em meu coração... coisa bem difícil de se conseguir antigamente na ânsia em que vivia. Com as orações, a fé mais consolidada e certa segurança em mim mesma que fui desenvolvendo, hoje sei que essa graça chegou em minha vida... hoje tenho um coração em paz!
Luto com esse sentimento diariamente, muitas vezes preocupações, ansiedade e desafios me deixam em um estado sem muita paz, que, aos poucos, vai se transformando. Hoje sei exatamente como me aclamar, embora ainda leve um cetro tempo, um pouco de desespero ainda me persegue, mas, nada como antes.
Em 2012, atingi a paz que sempre esperei, mesmo enfrentando uma doença numa pessoa querida, mesmo tendo que me desamarrar de certos vícios, de certos controles e delegar minhas tão "perfeitas" funções" para outras pessoas e, o maior de todos os desafios, estar aqui com essa preciosidade e lidar com seu choro, com seu olhar encantador e com o saber que ela é minha e dependerá muito de mim...ai que frio na barriga, mas estou adorando...
Viver em paz é isso, é um dia de cada vez sem perder os sonhos e as metas... é viver sem culpa, sem mente agitada e pernas inquietas... é agradecer a cada dia, se emocionar, pedir perdão, dormir e acordar e ser melhor, nem que seja um pouqinho, a cada dia....
Páscoa é isso, é vida em paz  nos caminhos de Deus... é seguir as marcas de seu caráter e buscar um mundo melhor, nem que seja dentro de vc mesmo...



"A paz que trago hoje em meu peito é diferente da paz que eu sonhei um dia…
Quando se é jovem ou imaturo, imagina-se que ter paz é poder fazer o que se quer, repousar, ficar em silêncio e jamais enfrentar uma contradição ou uma decepção.
Todavia, o tempo vai nos mostrando que a paz é resultado do entendimento de algumas lições importantes que a vida nos oferece.
A paz está no dinamismo da vida, no trabalho, na esperança, na confiança, na fé…
Ter paz é ter a consciência tranquila, é ter certeza de que se fez o melhor ou, pelo menos, tentou…
Ter paz é assumir responsabilidades e cumpri-las, é ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida.
Ter paz é ter ouvidos que ouvem, olhos que vêem e boca que diz palavras que constroem.
Ter paz é ter um coração que ama…
Ter paz é brincar com as crianças, voar com os passarinhos, ouvir o riacho que desliza sobre as pedras e embala os ramos verdes que em suas águas se espreguiçam…
Ter paz é não querer que os outros se modifiquem para nos agradar, é respeitar as opiniões contrárias, é esquecer as ofensas.
Ter paz é aprender com os próprios erros, é dizer não quando é não que se quer dizer…
Ter paz é ter coragem de chorar ou de sorrir quando se tem vontade…
É ter forças para voltar atrás, pedir perdão, refazer o caminho, agradecer…
Ter paz é admitir a própria imperfeição e reconhecer os medos, as fraquezas, as carências…
A paz que hoje trago em meu peito é a tranquilidade de aceitar os outros como são, e a disposição para mudar as próprias imperfeições.
É a humildade para reconhecer que não sei tudo e aprender até com os insetos…
É a vontade de dividir o pouco que tenho e não me aprisionar ao que não possuo.
É melhorar o que está ao meu alcance, aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez para distinguir uma coisa da outra.
É admitir que nem sempre tenho razão e, mesmo que tenha, não brigar por ela.
A paz que hoje trago em meu peito é a confiança naquele que criou e governa o mundo…
A certeza da vida futura e a convicção de que receberei, das leis soberanas da vida, o que a elas tiver oferecido.
Às vezes, para manter a paz que hoje mora em teu peito, é preciso usar um poderoso aliado chamado silêncio.
Lembra-te de usar o silêncio quando ouvir palavras infelizes.
Quando alguém está irritado.
Quando a maledicência te procura.
Quando a ofensa te golpeia.
Quando alguém se encoleriza.
Quando a crítica te fere.
Quando escutas uma calúnia.
Quando a ignorância te acusa.
Quando o orgulho te humilha.
Quando a vaidade te provoca.
O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo, por isso é uma poderosa ferramenta para construir e manter a paz."

Bons tempos de paz para todas....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...