Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

30.10.10

Você liga?


Sou uma pessoa um pouco preocupada. Um pouco preocupada comigo, com a casa, com minha mãe, meu pai, meu marido, com o trabalho (de todo mundo) com meus amigos, com o almoço, se a roupa vai secar, se disse a coisa certa, se disse a coisa errada...um pouco preocupada com tanta coisa.
Acho que me preocupo demais, principalmente com algumas pessoas e situações que não merecem. Não venha me dizer que é assim mesmo, que a gente vai ficando madura e melhora. Conheço muita gente querida, madura até demais (no bom sentido) que não melhorou em nada, continuam preocupadas, então acho que o negócio é aceitar esse jeitinho que Deus me / nos deu.
Porque  da mesma maneira que sou preocupa e que tem pessoas que são também, existe muita, mas muita gente mesmo que nem liga, que diz mesmo, de qualquer jeito, em qualquer lugar e acha que isso é ser DECIDIDA, para mím é falta de educação. Falar quaquer coisa, na frente das pessoas, sem polidez....
Mas, tem gente assim. Não liga pra si, pra mãe, pro pai, pro marido, pros amigos, pra casa, se tem comida, se não tem, se é feliz, se é triste. Não liga se as palavras magoaram, acha normal e não liga se te ofendeu, te chateou, não liga se mentiu, se descobriram... não liga se acertou, se errou, se deu um bom ou mau exemplo, se foi agradável ou grosseira...
Eu hein?! Também conheço muita gente assim, cabeça oca, que não liga.
Penso que a preocupação é uma virtude de pouco.
Mas também acho que ainda é um ponto que devo melhorar, talvez não me preocupar com essas pessoas, que não ligam...porque, bem, se eu me preocupar não vão perceber, se não me preocupar, não vão ligar...
Prefiro ser assim, olho atento, cabeça funcionando e sempre disposta, sempre alerta! Sofro com isso, mas se sou assim.... Será que as pessoas que não ligam, sofrem? Creio que não, mas tb tenho certeza que não vivem, que os dias passam, os amigos somem, as comidas ficam sem sal, o ar fica sem brisa, a casa sem flor, a vida vai passando...que triste! Mas tudo bem, para essas pessoas, não vou ligar mais!
Beijos e Bom Finde....



Porque eu ligo para todas vcs!!!!

3 comentários:

Fla disse...

Oi Ju, adorei esse texto, Tava falando pro Jr hj que sofro de preocupação..entro aqui e vejo esse texto, que coisa viu!!rs!! Bjus e ótimo fim de semana Flavia

Karina Bottura disse...

Hoje sofro menos de preocupação... a terapia me ajudou! Era demais. Sofrer pelos meus e pelos dos outros também! Tem coisa que não te pertence! Beijos e adoro seus textos de reflexão!!! Até daqui a pouco

Grazi disse...

Ju, querida , meu maior sofrimento, ultimamente é estar preocupada comigo, com minhas decisões...mas também preocupo com quem amo, agora os "cabeça oca" não merecem q eu "queime" neurônio por eles!!!! bjcas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...