Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

17.2.11

Libertando tubarões


Muitas coisas continuam passando pela minha cabeça. Coisas mais agradáveis, confesso! Aliás em minha avaliação de mim mesma, que sempre ocorre depois de momentos de loucura, procuro compreender onde foi que tropecei.
Acho que queria colocar muitas coisas num aquário ao lado da minha cama. O ato de controlar, vigiar e cuidar estão presentes em minhas atitudes mais simples. Sou uma pessoa que mostra-se séria, talvez essa postura pode ser forte e cobrir alguma coisinha que esteja embaixo do pijama!!!!
É muito difícil libertar o tubarão... o meu principalmente. Fico pensando demais nos julgamentos e de menos em mim mesma. Porém, existem vários tubarões, já disse, quantas coisas adoraria levar no meu aquário e cuidar para sempre...penso em vão, que dentro do aquário tudo está perfeito, que o mundo que eu traço para todos os tubarões do meu aquário é lindo e completo, acho que só basta meu olhar, meu cuidado...e que isso é tudo, que eu sou capaz de resolver os problemas do mundo...pura insanidade!
Se pudesse, e vou, soltar os tubarões e deixar que cada um procure seu caminho, talvez compreendesse que não prendo só tubarões, prendo tudo...até intestino!
O mar é tão maior, tão novo e nadar por aí é tão cheio de mudança...preciso prosseguir, libertar o tubarão...o meu, os outros, de todos... difícil!
Muitas vezes penso que desde criança viver num aquário era mais fácil, embora sempre desejasse o mar...
Talvez o aquário vá aumentando aos poucos. Hoje especialmente já arrisco uns pulos por aí, mas o caminho rumo à liberdade se faz um dia de cada vez... Livre hoje de alguns medos, de alguns papéis assumidos que não me dizem respeito...mas muita coisa ainda para libertar...
Um dia o tubarão nadará livremente!
Por enquanto, ele dá umas voltas no aquário bem maior, cansa, reclama, pensa (muito) e vai dormir!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...