Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

15.12.10

O amor é contagioso



Hoje completamos 3 aninhos de casados! Bodas de Couro!
Não é uma maravilha???

O mais maravilhoso de fazer aniversário de casamento é ter ao nosso lado alguém que nos inspira para muitas outras bodas, alguém gentil, educado, que valoriza nossa parceria e coloca nosso amor e cumplicidade acima de qualquer coisa. Que mais se pode querer nessa vida?
Me lembrei de um filme que assitia durante minha adolescência, Patch Adam. Chorava ... nossa nem lembrava mais, mas olhando minha coleção de fitas cassete, ele foi o primeiro dela, acho que iniciei bem essa coleção.
O filme é encantador e reflete bem o espírito que adotei em minha vida, um sorriso vale mais que qualquer explicação, cura qualquer dor e alimenta muitas amizades, porque não escolhê-lo num dia tão especial para ilustrar minha postagem?
 Com meu marido então, o amor é puramente contagioso e espero que essa "dança" continue por tempo indetermindo.
Recomendo o filme, velhinho, para quem não assitiu ainda. É uma lição de vida, de doação e de amor incondicional, mas já aviso, leve uma caixa de lenço porque é impossível não se emocionar com uma ótima interpretação de Robin Williams, no papel de um ser, muito humano que tem um olhar lapidado da vida de do outro...
Para esse novo ano de casamento que se inicia, quero que meu amor possa ser ainda mais contagioso e que nossas felicidades de multipliquem!
Compartilho também um poema, divulgado no filme Patch Adams, no qual Patch o recita para Monica Potter.




A DANÇA
Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou seta de cravos que propagam o fogo:
amo-te como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.
Amo-te como a planta que não floriu e tem
dentro de si, escondida, a luz das flores,
e, graças ao teu amor, vive obscuro em meu corpo
o denso aroma que subiu da terra.
Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde,
amo-te diretamente sem problemas nem orgulho:
amo-te assim porque não sei amar de outra maneira,
a não ser deste modo em que nem eu sou nem tu és,
tão perto que a tua mão no meu peito é minha,
tão perto que os teus olhos se fecham com meu sono.

Pablo Neruda

Lindão...amo vc!

5 comentários:

Karina Bottura disse...

Oi Jú! Lindo poema e o filme realmente é encantador! Adorei a dica! Agora... gostaria de deseja um Feliz aniversário de 3 anos de casamento!! Desejo que você e o Rodrigo tenham um lindo e especial dia de comemoração! Afinal... são 3 anos! Que delícia! Beijos KáMaria

Anônimo disse...

Bom dia meu amor, espero que esse dia tão especial para gte motive muitas outras pessoas a terem a felicidade de encontrar pessoas maravilhosas para ficarem ao seu lado e serem felizes com seus companheiros como nós somos, te amo muito e obrigado por ter vc como companheira todos esses dias da minha vida. bjs

Marcinha disse...

Oi Ju!!!
Parabéns pelo seu niver de casório!!
Desejo-lhes mtas feliciades e mtos anos de casamento!!
Bjocas

Angélica e Daniel disse...

Oi Ju! PARABÉNS!
Desejo MAIS amor e felicidade para esse casamento! Que Deus continue abençoando a vida do casal!
Adorei o poema!
Um beijo,
Angélica

Anônimo disse...

Jú e Rô,
Desejo que este amor e carinho se renove a cada dia, se reforce a cada ano!
Parabéns!

bjos
Pati Calsavara

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...