Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

12.10.11

Como ser criança novamente?

"A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes."

Oscar Wilde


As pessoas vivem insatisfeitas. Lembro-me quando criança, desejava com todas as minhas forças tornar-me adulta.
Ficava pensando na vida que desejava ter, em como seria uma mulher...posso confessar que nenhum dos sonhos chegou perto da vida que levo hoje...tão completa e feliz que nem em sonhos julgava tê-la.
Mas hoje, se pudesse, por alguns instantes, voltar alguns bons anos atrás, faria inúmeras e talvez aos olhos de muitas pessoas insignificantes coisas, mas que me encheriam da mais pura felicidade.
Sentaria no colo da minha mãe e ficaria mexendo em seus cabelos, escolhendo o que desejaria ter para o almoço. Ficaria ansiosa esperando meu pai chegar para que brincasse comigo, talvez, fossemos mais uma vez ao bosque e andaria de bicicleta sobre seus olhos protetores.
Ligaria minha vitrola, só por uns minutos e colocaria o disco predileto do meu avô, olharia para ele...sem dizer nada...só para matar a saudade.
Passaria pela casa da minha vó, rapidinho e pediria para ela fazer aquele suspiro com limão, que me dá água na boca...
Com minha outra avó então, ficaria muitas horas, pois tenho muita saudade, pegaria na mão dela e ficaria olhando ela e minha mãe, que no silêncio, ainda sofre pela saudade. Faríamos alguns brinquedos com sucata e iria pedir um macarrãozinho só para ela fazer aquele biquinho lindo para esfriá-lo.
Colocaria meu uniforme e iria até a escola e falaria tudo o que sempre pensei, mas morria de medo de assumir...a idade nos ensina lições preciosas.
Iria mais uma vez para praia, só para sentir aquele cheiro de mar, que juro que mudou!!!
Esperaria ansiosa o Natal, escreveria mais uma cartinha que minha mãe sempre lia com tanto amor e as vezes sofrimento...qdo criança temos tantos desejos...hoje escreveria que meu maior desejo é poder estar mais uma vez próxima de algumas pessoas, para mais um abraço, contar as novidades e deixá-los tão orgulhosos...pediria muitos anos ainda com quem me resta...que me importa tanto...que possamos compartilhar grandes e pequenas descobertas, sempre com sorriso e, quando precisar, saber que ajoalharemos juntos para agradecer e pedir, mais e mais proteção!
Nossa, são tantas lembranças...acho que sendo sincera e buscando a felicidade em qualquer lugar que seja...podemos ser sempre crianças!

 

3 comentários:

Karina Bottura disse...

Feliz dia da criança! Que Nossa Senhora Aparecida proteja e ilumine o nenem (Carol ou Pedrinho???) Dê uma passadinha no blog, http://melhor-davida.blogspot.com/2011/10/feliz-dia-das-criancas.html
Beijo

Anônimo disse...

Que texto lindo, Ju!! Lembrei-me de tantas coisas... Que saudade do tempo que se foi e que deixou boas e felizes lembranças... Tive uma infância tão feliz e maravilhosa que, hoje, senti vontade de ser criança novamente...
Vc me emocionou...
Bjos
Raquel

Ana Paula disse...

Você escreveu de uma forma fantastica que até me transportei para meus tempos de infancia. Devia existir a possibilidade de viajar no tempo de Verdade ! Eu adorava tomar chá -mate na casa da minha vó! Ouvir discos na vitrola, ficar na Calçada até tarde, enfim !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...