Ser Miss é ser assim...

" Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes... tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem eu não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre."

Clarice Lispector

30.6.14

Dica de lembrancinha: Vela na latinha

Quer uma dica bem fofa para lembrancinhas?
Que tal montar essas velas lindas em latinhas?
Essa aí eu fiz para o chá de bebê na minha cumadre! Fizeram o maior sucesso








Foto 01 - Projeto férias

Se você  ainda não viu meu desafio, clique aqui Projeto Férias

Bem, após ser lançado o desafio, vou publicando as fotos durante o mês de julho, uma a uma... 
No final do mês, uma postagem única, com todas as fotos numeradas e com ordem de chegada.
Como serão marcados os pontos?

* Cada comentário AQUI no blog ( feito na foto individual ou na postagem com as fotos coletivas no final de julho)  vale 2 pontos
* Cada curtida no face ( Na página Miss Florinda, na foto desejada) vale 1 ponto

Vamos lá...
A primeira foto registra a Miss Dani, com seu lindo mocinho Dudu... Cara de férias ou não?


29.6.14

Risoto de shitake

Bem, sempre tento fazer risotos. Eles ficam saborosos, mas nem sempre chego no ponto. Posso dizer que esse de shitake ficou bem molhado e saboroso...
2 xícaras (chá) de arroz arbóreo
1/2 cebola picada
1 bandeja de shitake fresco
1 xícara (chá) de vinho branco seco
6 xícaras (chá) de caldo de carne
4 colheres (sopa) de manteiga
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Gergelim negro
Modo de Preparo
Corte o shitake em tirinhas bem finas e deixe em uma tigela com água por 20 minutos.
Numa panela, coloque o caldo de carne e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e reserve.

 Em outra panela, coloque metade da manteiga e leve ao fogo baixo. Quando derreter, acrescente a cebola e mexa  até que fique transparente. Junte o arroz e misture por 2 minutos em fogo alto. Adicione o vinho e misture bem até evaporar. Retire o shitake da água e coloque na panela. Refogue por 1 minuto.
Mantenha a panela com o caldo em fogo baixo. Na panela com o arroz, acrescente 1/3 do caldo e mexa até secar. Junte mais 1/3 do caldo e mexa sem parar até que seja absorvido. Adicione o restante, aos poucos, verificando a consistência do risoto. Ele deve ficar úmido e com o arroz al dente. 

Na hora de servir junte o queijo e o gergelim na panela, mexa e sirva em seguida.


28.6.14

Doce de copinho - chocolate com limão em clima de Copa



Bem minhas queridas Miss, hoje é dia de jogo no Brasil e trouxe uma dica para festejar a vitória (esperada)!
Jogo por aqui tem sido assim...pessoas queridas reunidas, muita comida, bebida e...um docinho é ótimo para equilibrar:

Para 20 copinhos você deve usar:
Brigadeiro
1 lata de leite condensado
1 colher de margarina
4 colheres de chocolate do padre
1 caixinha de creme de leite

Para o creme de limão
1 lata de leite condensado
suco de 1/2 limão siciliano
2 colheres de gelatina de limão

Em uma panela junte o leite condensado, a margarina e o chocolate, mexa sempre lentamente, em fogo baixo até começar a ferver, sinta o ponto, ele não pode estar no ponto de enrolar, desligue antes disso. Assim que desligar, junte o creme de leite, mexa para ficar homogêneo e coloque em 2/3 do copinho. Uso um panelinha com bico, como se fosse um canecão, é mais fácil para despejar nos copinhos sem derrubar. Tenho também um copo medidor com biquinho, como ele é mais fácil ainda. leve na geladeira por 20 minutos, depois parta para o creme de limão.

Junte os ingredientes em uma panela e mexa por 10 minutos. Despeje por cima do brigadeiro.
Dessa vez enfeitamos com confete verde e amarelo, mas vc pode variar de acordo com a ocasião!

Bom jogo!

27.6.14

Dica de Vinho


Leve, doce e agradável...
Vale a pena sempre ter um na geladeira

26.6.14

Projeto férias - Participe!

Minhas queridas Miss...
Estamos em férias, que maravilha!
Muitas não terão esse tempinho para relaxar, continuarão no trabalho diário, mas, lanço um desafio!!!
Registre um momento relax, delicioso, um momento cara de férias e mande pra mim!
Postarei as fotos numeradas e, no finalzinho desses 30 dias de descanso que começarão amanhã, faremos uma votação na foto que melhor retrata ; Cara de férias!

Teremos um lindo brinde!!!! Um vinho selecionado para curtir a eleição e para brindar novos dias especiais!!! Além de um livro com dicas de antepastos deliciosos para degustar enquanto se relaxa!



Para participar:
Envie sua foto com uma legenda para meu e-mail: jrmrotella@gmail.com.br  ou acesse nossa página no Face e mande sua foto e legenda por mensagem, inbox!
Acompanhe as fotos publicadas e vote na melhor!!!
Boa sorte!!!!

25.6.14

Rápida mas com propósito


24.6.14

I love it: Cadeiras coloridas








23.6.14

Lanchinho para acompanhar os jogos da Copa

Com esses jogos que ocorrem o dia todo, a casa fica ceia de gente e o marido tem fome toda hora...
Que tal deixar uma panelinha dessa carne prontinha para montar lanchinhos a qualquer momento?



Vamos lá:
Em uma panela com duas colheres de azeite, frite 600g de patinho moído acrescentando sal e pimenta moída branca.
Em outra panela doure 4 dentes de alho, uma cebola e alho poró bem picadinhos. Deixe fritar e junte à primeira panela.
Acrescente uma xícara de milho pré cozido, uma xícara de azeitonas verdes picadas e 4 tomates bem vermelhinhos, cortados em cubos. Piquei meio maço de cheiro verde e juntei na panela com 100ml de água deixando ferver até que água seque.
Assim que água estiver quase no finzinho, juntei uma colher de extrato de tomate, mexi bem e reservei.
Para montar os lanchinhos, basta cortar um pão francês bem fresquinho, acrescentar uma fatia de queijo prato, uma colher de mostarda e adicionar a carne...
Hummmm é divino!

22.6.14

Sobre viver a vida...




Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!!!
Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério!
Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela!
Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis!
Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida!
E agora, se alguém aparecer de repente?
Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém…
…as pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida…
Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!!
Tire o pó… se precisar…
Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas?
Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR !
Tire o pó… se precisar…
Mas você não terá muito tempo livre…
Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!!
Tire o pó… se precisar…
Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente….
- Pense bem, este dia não voltará jamais!!!
Tire o pó… se precisar…
mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora…
E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!!
Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou.
AFINAL:

“Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida.”

21.6.14

Tempo pra gente! Vale a pena?




Andei meio sem inspiração para desabafos.
Acho que aprendi a lidar com algumas situações que me incomodavam e com pessoas que me faziam mal. Essa necessidade de escrever ficou mais tranquila porque comecei a falar mais e resolver de forma mais eficaz algumas questões que antes eram guardadas e ficavam assim, sem digestão!
Contudo esse período não quer dizer que se construiu apenas com situações tranquilas e agradáveis.
A vida vai seguindo, um dia mais ou menos, outros mais...outros menos, mas vamos seguindo e tento olhar as situações positivas e ficar feliz com elas.
Os afazeres têm me incomodado um pouco...
Fico me perguntando como as mulheres de hoje dão conta de tantas coisas. Fico olhando para meu dia, para o da minha mãe e vejo como fazemos tantas coisas...sempre atrás de colocar tudo em ordem, de resolver os problemas de quem nos cerca, de deixar a casa em ordem, fazer comida, estar bem arrumada, com cabelo e pele brilhando, unhas bem feitas, dispostas para conversar alegremente, ouvir problemas alheios, namorar cheia de amor, brincar com os filhos com mil estratégias diferentes...ufa essa vida é mesmo muito cheia.
Fico profundamente irritada com as pessoas que usam o tempo de forma mais lenta, deixa para depois, para outro dia, juntam coisas materiais e sentimentais, vivem esperando que a socorram que a bajulem...puxa, tais pessoas ainda me sufocam!
Luto pelo meu direito de ter horas livres. Sinto falta de tempo não para descansar, para deitar no sofá, mas para caminhar pelo shopping sem ninguém...de ler um bom livro ou ver um filme que quero faz tempo...quero tempo para ficar sozinha no cinema, tomar um capuccino, fazer uma massagem... tudo bem, até encontraria tempo para fazer algumas dessas coisinhas ao longo do mês, mas isso implica em deixar os "deveres" de lado...e deixando-os de lado, não quer dizer que serão resolvidos... Ter um tempo livre para mim implica em depois ter que redobrar o tempo dos afazeres, então tô chegando a conclusão que não vale a pena.
Acho que são os hormônios, a TPM diária, mas minha tolerância fica cada vez menor e percebo que alguns dias é impossível ficar ao meu lado. 
Ainda bem que as férias sempre chegam nesse momento de última gota d'água e aí tudo vai se acalmando e a gente deixa pra lá essas reclamações e volta a se contentar com o que se tem...afinal é possível continuar!
A verdade verdadeira é que não me importo em fazer tudo oq faço, mas muitas vezes bate aquele desejo de receber um pouco mais do que eu já esperava... ´aí que bate aquela tristezinha...

Morangos no lanche rápido e saudável


Que morango é delicioso, isso não se discute. Essa época eles estão lindos, vermelhos e maduros, nos chamam com muito carinho para serem levados para casa.
Uma forma rápida, deliciosa e saudável é fazer um lanchinho light utilizando essa deliciosa fruta combinada com iogurte Grego.
Ultimamente tenho feito um mix com frutas secas, castanhas e outras coisinhas e deixo em um vidro em casa e no local do trabalho.
Uma fruta picada com o iogurte sempre pode ser melhorada com esse mix, no de hoje usei:
Castanhas de caju que são ricas em ferro, fósforo entre outros, além de  boa fonte de antioxidantes e proteínas, cheia de gordurinhas boas para o nosso coração.
Aveia em flocos para o controle do colesterol e para manter a taxa de açúcar no sangue sobre medida ela fortalece nossa defesas e afasta tumores...
Bom, vamos fazer nossa parte!

20.6.14

Sobre homens, mulheres, seus afazeres e desejos

Outro dia li o seguinte texto compartilhado por um terço dos meus amigos virtuais...


Às vezes me flagro imaginando um homem hipotético que descreva assim a mulher dos seus sonhos:
“Ela tem que trabalhar e estudar muito, ter uma caixa de e-mails sempre lotada. Os pés devem ter calos e bolhas porque ela anda muito com sapatos de salto, pra lá e pra cá.
Ela deve ser independente e fazer o que ela bem entende com o próprio salário: comprar uma bolsa cara, doar para um projeto social, fazer uma viagem sozinha pelo leste europeu. Precisa dirigir bem e entender de imposto de renda.
Cozinhar? Não precisa! Tem um certo charme em errar até no arroz. Não precisa ser sarada, porque não dá tempo de fazer tudo o que ela faz e malhar.
Mas acima de tudo: ela tem que ser segura de si e não querer depender de mim, nem de ninguém.”
Pois é. Ainda não ouvi esse discurso de nenhum homem. Nem mesmo parte dele. Vai ver que é por isso que estou solteira aqui, na luta.
O fato é que eu venho pensando nisso. Na incrível dissonância entre a criação que nós, meninas e jovens mulheres, recebemos e a expectativa da maioria dos meninos, jovens homens,  homens e velhos homens.
O que nossos pais esperam de nós? O que nós esperamos de nós? E o que eles esperam de nós?
Somos a geração que foi criada para ganhar o mundo. Incentivadas a estudar, trabalhar, viajar e, acima de tudo, construir a nossa independência. Os poucos bolos que fiz na vida nunca fizeram os olhos da minha mãe brilhar como as provas com notas 10. Os dias em que me arrumei de forma impecável para sair nunca estamparam no rosto do meu pai um sorriso orgulhoso como o que ele deu quando entrei no mestrado. Quando resolvi fazer um breve curso de noções de gastronomia meus pais acharam bacana. Mas quando resolvi fazer um breve curso de língua e civilização francesa na Sorbonne eles inflaram o peito como pombos.
Não tivemos aula de corte e costura. Não aprendemos a rechear um lagarto. Não nos chamaram pra trocar fralda de um priminho. Não nos explicaram a diferença entre alvejante e água sanitária. Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
Mas nos ensinaram esportes. Nos fizeram aprender inglês. Aprender a dirigir. Aprender a construir um bom currículo. A trabalhar sem medo e a investir nosso dinheiro.  Exatamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
Mas, escuta, alguém  lembrou de avisar os tais meninos que nós seríamos assim? Que nós disputaríamos as vagas de emprego com eles? Que nós iríamos querer jantar fora, ao invés de preparar o jantar? Que nós iríamos gostar de cerveja, whisky, futebol e UFC? Que a gente não ia ter saco pra ficar dando muita satisfação? Que nós seríamos criadas para encontrar a felicidade na liberdade e o pavor na submissão?
Aí, a gente, com nossa camisa social que amassou no fim do dia, nossa bolsa pesada, celular apitando os 26 novos e-mails, amigas nos esperando para jantar, carro sem lavar, 4 reuniões marcadas para amanhã, se pergunta “que raio de cara vai me querer?”.
“Talvez se eu fosse mais delicada… Não falasse palavrão. Não tivesse subordinados. Não dirigisse sozinha à noite sem medo. Talvez se eu aparentasse fragilidade. Talvez se dissesse que não me importo em lavar cuecas. Talvez…”
Mas não. Essas não somos nós. Nós queremos um companheiro, lado a lado, de igual pra igual. Muitas de nós sonham com filhos. Mas não só com eles. Nós queremos fazer um risoto. Mas vamos querer morrer se ganharmos um liquidificador de aniversário. Nós queremos contar como foi nosso dia. Mas não vamos admitir que alguém questione nossa rotina.
O fato é: quem foi educado para nos querer? Quem é seguro o bastante para amar uma mulher que voa? Quem está disposto a nos fazer querer pousar ao seu lado no fim do dia? Quem entende que deitar no seu peito é nossa forma de pedir colo? E que às vezes nós vamos precisar do seu colo e às vezes só vamos querer companhia pra um vinho? Que somos a geração da parceria e não da dependência?
E não estou aqui, num discurso inflamado, culpando os homens. Não. A culpa não é exatamente deles. É da sociedade como um todo. Da criação equivocada. Da imagem que ainda é vendida da mulher. Dos pais que criam filhas para o mundo, mas querem noras que vivam em função da família.
No fim das contas a gente não é nada do que o inconsciente coletivo espera de uma mulher. E o melhor: nem queremos ser. Que fique claro, nós não vamos andar para trás. Então vai ser essa mentalidade que vai ter que andar para frente. Nós já nos abrimos pra ganhar o mundo. Agora é o mundo tem que se virar pra ganhar a gente de volta.

Fonte:http://blogs.estadao.com.br/ruth-manus/a-incrivel-geracao-de-mulheres-que-foi-criada-para-ser-tudo-o-que-um-homem-nao-quer/

Meu parecer:
Tudo bem, somos assim mesmo... meu parecer:

Vejo ao meu lado muitas mulheres que foram criadas e, acima de tudo, desejam mudar ou auxiliar na construção de um mundo novo... Elas trabalham, estudam, bombam nos e-mails estão sempre atoladas, mas felizes!
Pior, vejo que acima de tudo que o texto relata, ainda no meu caso e de mais algumas que conhece pessoalmente, queremos sim rechear um lagarto, costurar, cuidar dos filhos, do marido e, posso afirmar, achamos pessoas igualmente capazes para que permaneçam ao nosso lado...
Penso que o problema está em aceitarmos os outros e seus desejos e buscar por pessoas assim, capazes de nos aceitar com todos nossos afazeres, nossos sonhos e nossas metas. Posso garantir que os olhos das pessoas que amam brilham com minhas conquistas diárias, meus projetos conquistados, assim como, com a polenta do almoço ou com a festa que preparo com carinho aos receber amigos aqui em casa!





19.6.14

Dica de DVD para os pequenos: Pauleco e Sandreca


Nova paixão da pequena Carolina...
Esse novo DVD do grupo Palavra Cantada, reúne músicas de todo tipo, nova, antiga, para criança e para gente grande, todas ilustradas e com arranjos que são incriveis, eu mesma adoro!
Carol ama o Rato e o Vira
Presente bacana, na certa!

17.6.14

Sobre o voar do tempo...




Tudo vai passar. Eles vão crescer e dispensar nosso colo. Vai chegar a fase em que os amigos serão mais importantes que os pais. Que nossas demonstrações de afeto serão consideradas um grande mico. Que em vez de torcemos para que eles durmam, torceremos pra que cheguem logo em casa. Que não se interessarão pelos velhos brinquedos. Que o alvoroço na hora do almoço, dará lugar a calmaria. Que os programas em família serão menos atrativos que o churrasco com a turma. Que dirão coisas tão maduras que nosso coração irá se apertar. Que começaremos a rezar com muito mais frequência. Que morreremos de saudade de nossos bebês crescidos. Por isso... Viva o agora. Releve as birras. Conte até 10. Faça cosquinhas. Conte histórias. Dê abraços de urso. Deite ao lado deles na cama. Abrace-os quando tiverem medo. Beije os machucados. Solte pipa. Brinque de boneca. Faça gols. Comemorem. Divirtam-se. Acorde cedo aos domingos pra aproveitar mais o dia. Rezem juntos. Estimule-os a cultivar amizades. Faça bolos. Carregue-os no colo. Faça com que saibam o quanto são amados. Passem o máximo de tempo juntos... ...assim quando eles decidirem partir para seus próprios voos, você ainda terá tudo isso guardado no coração!

16.6.14

Dica de leitura para os pequenos: Nós

Eva Furnari é craque em escrever histórias cheias de magia, nomes engraçados e lindas mensagens...
para complementar a biblioteca de seu filho, não deixe de comprar essa lindeza que conta a história de uma moça, Mel, que sempre sofria  com comentários dos outros...tadinha. Como não sabia o que fazer com a tristeza que sentia, segurava... e, nós começaram a aparecer em seu corpo!
Nó no nariz, nó no dedinho do pé, nó no pescoço... e, como desatar os nós? Não parece, mas é uma história para crianças...
Linda, encantadora e cheia de situações que podem gerar boas conversas entre pais e filhos...é uma boa dica para uma leitura nessas noites gostosinhas!



15.6.14

Salada com berinjela - inspirada na Herbalife

Ainda tomo meus shakes da Herbalife alguns dias na semana, nada regrado ou com algum propósito especial, mas me sinto bem em intercalar alumas refeições com o chá e com o shake...
Contudo, nada de propaganda, pq não ganho nada com isso, mas observando uma revista da marca me deparei com essa foto aí:



Quando cheguei em casa fiz a minha, achei a dica ótima para um jantar leve e saboroso, a combinação de sabores ficou incrível...

1 berinjela cortada em fatias finas. Temperei com sal, pimenta e grelhei em uma frigideira antiaderente sem nada. Deixando dourar um pouco de cada lado. Fui retirando e colocando-as acomodadas em um prato, uma fatia ao lado da outra.
Cortei ao meio alguns tomates do tipo cereja, algumas muçarelas de búfala e acrescentei azeitonas chilenas.
Não tinha manjericão fresco no dia para o preparo do molho, mas fiz um com o suco de meio limão siciliano, azeite, uma colher de chá de molho pesto pronto e sal marinho. Reguei a salada e me deliciei com algumas folhas de alface americana.




14.6.14

13.6.14

Dica de filme: O Amor Acontece


História gostosinha, bem sessão da tarde.
Um viúvo começa a escrever um livro contando sua suposta história sobre como aprendeu a lidar com as perdas...sqn! 
Ao longo do tempo, tal guru atrai pessoas para palestras e treinamentos como um grande ajudante da humanidade, contudo, aos poucos percebemos que suas dores não foram tão bem curadas. 
No meio do caminho, surge um novo romance com a minha querida Jennifer Aniston... interpretando uma florista, ela cativa o viúvo e o auxilia a superar seus problemas....
Preciso dizer que amei a mania que ela desenvolve no filme, de buscar o significado de palavras desconhecidas... Ela escreve tais palavras atrás de obras de arte, quem as encontra fica curioso e corre ao dicionário para saber o que quer dizer.... não vou contar, mas essa mania bem no finalzinho me fez amar o filme!

12.6.14

E A Copa chegou!


Eita assunto polêmico foi essa Copa.
Acredito que um evento desse tamanho só pode mesmo ser assim, feito de muitas opiniões, de muitas pessoas, muito suor, muito trabalho, mas também muita alegria, comemoração, união e, claro, verde e amarelo.
Ninguém é mais criança e sonha só com uma festa linda unindo todos os países em uma só competição, num só coração, mas, definitivamente, esperava ver mais emoção nos momentos que antecediam a Copa.
O Brasil conseguiu fazer do evento que tanto amava, uma vergonha nacional para os brasileiros, muito roubo, muita demora nas decisões, muita enganação, como tudo que estamos nos acostumando a ver... Agora, a Copa chegou, ela vai acontecer e, já que está aí, na nossa porta, o melhor a fazer é não fazer com que o Mundo também se envergonhe.
Sabe qaundo chega visita e a gente acaba fechando a porta do quarto porque não arrumou a cama, guarda as coisas no armário e fecha, esconde o que então está bom...é isso, minha gente, vamos fazer a nossa parte, vamos tentar nos unir mesmo, num só coração, agora será um teste, vamos torcer para o futebol que tanto encanta, para daqui quatro meses realizarmos nossos sonhos através de um voto e de um posicionamento de cidadão!
Eu vou fazer essa festa dar certo daqui até o final, vou torcer, vou me vestir de verde e amarelo e vou vibrar, contudo, não vou fazer essa alegria contagiar minhas angústias, elas serão relembradas a cada dia para a busca de um país melhor, que possa sim festejar em todos os sentidos!!!


11.6.14

Creminho brasileiro


Comecei assim:
Dourando alho poró e cebola bem picadinha numa panela com uma colher de margarina, juntei a couve picadinha o mais fino possível, aproximadamente 200g e deixei dourar com sal e uma pitadinha de pimenta moída branca. Juntei 100ml de água de deixei secar, cozinhando um pouco a couve.
Assim que a água secou, juntei uma caixinha de milho verde e deixei em fogo baixo. Enquanto isso, em um copo adicionei uma colher de trigo a 300ml de leite integral e uma picada de nos mostarda, mexi para não deixar carocinho e levei à mesma panela. Continue mexendo até o trigo cozinhar, ficará uma massa homogênea, isso levará uns 15 minutos. Ao servir, junte uma caixinha de creme de leite.
Servi sobre os files de frango empanadinhos e com arroz branco, se preferir junte batata palha, parceira infalível desses creminhos!

10.6.14

Tutu de feijão


Para fazer um feijão suculento é necessário cuidado!
Começo assim:
Coloco 250g de feijão em uma panela de pressão com 400ml de água, tampo e deixo cozinhar até que começa a soltar a pressão. Desligo e espero para poder abrir.
Enquanto isso, em outra panela normal, frito 200g de bacon picados em cubos médios, uma cebola bem picadinha e 5 dentes de alho bem amassados. Gosto também de acrescentar, ao final uma linguiça calabresa cortada em rodelas bem fininhas.
Junto esse tempero ao feijão, mexo bem, coloco sal, pimenta moída mais 200ml de água e deixo ferver, sem a pressão.
Até aí, já é um escândalo, agora, se quiser melhorar e transformar essa maravilha num tutu, continue lendo!
Junto com os 100ml de água, junte couve picada da forma mais fina que conseguir, após cozinhar por 20 minutos, bem na hora de servir, polvilhe 2 xícaras de farinha de milho, mexa com apenas duas voltas na panela e sirva...

9.6.14

I Love it - Arte com botões






8.6.14

Miss pensante - Desejo do dia




6.6.14

Dica de boteco: Facca Bar


O centro das cidades estão repletos de botecos cheios de linguiças penduradas e vidros de tudo que se pode imaginar em conserva.
Campinas não é diferente, bem no coração da cidade esse bar cheio de charme se encontra em uma pequena porta no meio da Rua Conceição, com algumas mesas na calçada e um chopp bem gelado, o Facca nos pegou pelo seu ar desajeitado, mas requintado!
Com pratos e porções variadas, você fica na dúvida sobre o que provar primeiro...não deixe de provar o camarão empanado com catupiry, foi impossível comer um só!
Apenas não se engane com o título de boteco, já não se fazem botecos como antigamente... a qualidade da comida e bebida não enganam, mas o preço... bem refinado!
Enfim, saímos satisfeitos e vale a pena conferir...

4.6.14

Filme: A Menina que Roubava Livros


Em meio a uma dura realidade que docemente foi representada no filme... frio intenso, pouco trabalho, pouca comida... essa menina que roubava livros encanta uma pequena família com sua chama aconchegante que afasta todo frio  e seu olhar desenhado por Deus, que esconde, por algum tempo a maior de todos nossos medos. 
Existe uma troca de bondade e humanidade em tempos que se  imaginava ser o fim, mas como cada dia é um mistério e dentro das relações humanas tudo é possível, o amor, a amizade e o carinho acham na pior das realidades um meio de nascer.
Um clássico de imagem, interpretação e lição de vida...como é bom saber que a arte pode transformar as pessoas e os corações!
Digno de ter na sua coleção de dvds!

3.6.14

Torta de berinjela


Para quem quer algo rápido e prático, as tortas com massa folhada pronta são as melhores pedidas.
É o tipo de ingrediente que sempre tenho em casa, nos salva de ocasiões inusitadas...
Massa folhada Arosa
1 berinjela
2 tomates maduros
1 xícara de azeitonas chilenas picadas
2 xícaras de creme de leite fresco
alho poró e azeite
sal e pimenta rosa

Em uma panela junte o alho poró picadinho com os tomates em cubinhos, regue com azeite e deixe cozinhar. Adicione o sal e a pimenta rosa amassada com uma faca. 
Depois de deixar os tomates douradinhos, junte a berinjela em cubinhos (deixei com casca) e a azeitona, adicione 100ml de água e deixe cozinhar por 15 minutos. Reserve e espere esfriar um pouco.
Acomode a massa folhada no fundo e laterais de uma forma, coloque o recheio, morno e cubra com o creme de leite fresco. Coloque tiras da massa para finalizar, imitando um quadriculado. Leve ao forno pré aquecido, 220º por 35 minutos.

Dica, se quiser variar, já testei a mesma sequência substituindo a berinjela por abobrinha e na cobertura, creme de leite de caixinha com 100g de parmesão ralado...ficou divina tb!

2.6.14

I love it - Romero Britto

Estou louca por esses quebra-cabeças do Romero Britto...
I wish !!!
Como meu aniversário está chegando... aceito um desses de presente para a casa nova!
Ahhh convido os amigos para montar regados a um bom vinho! Que acham dessa troca?








1.6.14

No que a Miss tá pensando?

Como é bom fazer uma varredura ao redor de nosso coração e perceber como as sementes criam mais vida, as flores ficam mais coloridas e o aroma mais agradável...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...